Não temos  salário vivemos totalmente na dependência do senhor ,que tem levantando homens e mulheres deles que são apaixonados por missões e que acaba se envolvendo conosco nessa caminhada missionária Deus tem chamado sua igreja e também voluntários que ofertam suas vidas orando ,contribuindo ou ate mesmo se envolvendo com chamamento missionário no campo ,e totalmente bíblico que fazemos e da forma que vivemos pois cremos numa igreja generosa que ama almas que anseia e ver povos da terra sendo alcançados entre os povos  .

Porque vivemos assim

Porque Deus nos chamara para caminhar desta forma cremos que Deus e soberano e nosso papel como filhos e submeter a sua voz e caminhar em obediência .

Precisamos  envolvermos com a obra de missões: primeiro, indo ao campo missionário; segundo, orando por aqueles que estão no campo; terceiro, sustentando o obreiro financeiramente. Todo o crente precisa, desde cedo, compreender o que a Bíblia ensina sobre a mordomia. Nós somos mordomos de Deus, ou seja, administradores de seus bens. Tudo o que existe no mundo pertence a Ele: “Do Senhor é a terra e a sua plenitude, o mundo e aqueles que nele habitam” (Sl 24.1). Deste modo, o corpo, a mente, o tempo, os talentos, os serviços, o dinheiro, as propriedades – tudo pertence a Deus. Quando nos dispomos a cooperar financeiramente com a sua obra, estamos simplesmente devolvendo-Lhe parte do que dEle recebemos. Deus recebe a oferta que oferecemos aos missionários, e se compromete abençoar-nos e suprir todas as nossas necessidades. As missões são sustentadas exclusivamente com as nossas contribuições. Se não contribuirmos, o Reino de Deus sofrerá.

A Bíblia nos ensina que aqueles que com sinceridade se dedicam à proclamação da Palavra de Deus devem ser sustentados pelo que, desse trabalho, recebem bênçãos espirituais: “O que é instruído na palavra reparta de todos os seus bens com aquele que o instrui” (Gl 6.6).
Exemplos:
1) “Não atarás a boca ao boi, quando trilhar” (Dt 25.4).
2) “Digno é o operário do seu alimento” (Mt 10.10).
3) “Digno é o obreiro do seu salário” (Lc 10.7).
4) “Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: Digno é o obreiro do seu salário” (1Tm 5.18).

Os missionários e os obreiros em geral são sustentados financeiramente pela igreja. A fonte ou origem desses recursos é a própria igreja. Foi Deus quem estabeleceu que o crente contribuísse para que o seu povo tenha os recursos suficientes para a expansão do evangelho e manutenção da obra do Senhor. É sobre isso que vamos estudar hoje.

BASES BÍBLICAS PARA O SUSTENTO DO MISSIONÁRIO

A igreja de Corinto não era generosa. Os irmãos da igreja de Corinto eram insensíveis às necessidades do apóstolo. Outras igrejas sustentaram Paulo para que o mesmo pudesse servir aos coríntios (2 Co 11.8). Depois que o apóstolo deixou a cidade, apresentou a sua defesa. Partindo de um raciocínio lógico, “quem jamais milita à sua própria custa?” (v.7), ele busca no sistema sacerdotal, estabelecido na lei de Moisés, o argumento para fundamentar essa verdade (1 Co 9.9,10), e também nas palavras do próprio Senhor Jesus (1 Co 9.14). Essa é uma referência a Mt 10.10; Lc 10.7, como ele deixa mais claro em outro lugar (1 Tm 5.17,18).

A igreja de Filipos era generosa. A igreja de Corinto não era como a dos filipenses (Fp 4.15-19). Nenhuma igreja se preocupou com as necessidades do apóstolo, exceto a igreja de Filipos. Enviava oferta na hora em que ele mais precisava. Paulo agradecia a Deus essas ofertas “como cheiro de suavidade e aprazível a Deus” (Fp 4.16,18). É dessa mesma maneira que ainda hoje Deus recebe a oferta que você oferece para o sustento missionário. Além disso você tem a garantia de que o Senhor suprirá todas as suas necessidades (4.19).

COMO APOIAR OS MISSIONÁRIOS

O papel da igreja. Sãos os crentes que apoiam os missionários com suas contribuições, através da secretaria ou departamento de missões da igreja. A igreja ora, intercedendo por eles, e acompanha o seu trabalho através de relatórios escritos e também por meio de testemunhos de outros que visitam o missionário no campo. Esses responsáveis pelo sustento e pelo apoio espiritual devem entender também que fora do seu convívio a situação é muito diferente. Se não houver essa confiança, corre o risco de o trabalho no campo ficar travado.

Apoio aos missionários. O sustento missionário inclui alimento, vestuário, moradia, educação e saúde dele e da esposa e filhos. É necessário um estudo sobre o padrão de vida do país para onde vai ser enviado o missionário, a fim de que a igreja possa enviar o suficiente para o sustento dele. Nem sempre as igrejas têm acesso a essas informações, por isso existem inúmeras agências missionárias interdenominacionais, espalhadas no Brasil e em todo o mundo, com o propósito de orientar as igrejas.

CONCLUSÃO

Nossas ofertas são uma maneira de reconhecermos a soberania de Deus em nossa vida. A vontade de Deus é a salvação dos perdidos da terra (1 Tm 2.4). Para que essa meta seja alcançada, Deus conta com cada um de seus filhos, com todos os seus dons e talentos. O nosso apoio aos missionários deve ser a oração, contribuição

Existe várias formas que pode nos apoiar

Nossa conta bancaria

Banco Bradesco                           Banco do Brasil                   caixa econômica federal

Conta corrente 0017019 – 4         conta corrente 9006-6          conta poupança 00002767

Agencia 2146 – 6                       agencia 3032-5                     agencia 0731  operação 13

Dener brante v de Souza           Maria das graças jesus Souza   Dener brante v Souza

Também pode nos oferta via missão Crossover global preenchendo nosso link via cartão ou boleto

https://crossoverglobal.transforme.tech/checkout/transparente/etapa/1/63

Também pode oferta nas contas da própria missão CCI so que e necessário depositar com final 0,87 para identificar o deposito e para nos

Banco itau

Conta corrente 41803 -6

agencia  0879

CNPJ  04.219.771\0001 – 25

CCI Brasil